aNa


Fotografias da aNa, publicadas no seu indispensável mEiA vOlTa e…

15 responses to “aNa

  1. João, assim fico sem jeito.🙂 muito obrigada.

  2. foi um bom momento de solidão e catarse. sozinha na praia, quando já toda a gente ia para casa. soube-me tão bem que nem imagina.

    • Creio que imagino ou que, pelo menos, me relaciono com o sentimento.
      O momento mais feliz da minha semana é chegar a “mi pátria chica” (para a obrigar a ir ao site ver…:-)) e abrir as minhas janelas para o mar.
      Como agora mesmo, nesta noite escura, fria e chuvosa. O Mundo parece melhor.

  3. (cem anos que eu viva, não posso esquece-lo)

    • Cem anos que eu viva não posso esquecer-me
      Daquele navio que eu vi naufragar
      Na boca da Barra tentando perder-me
      E aquela janela virada pró mar

      Sei lá quantas vezes desci esse Tejo
      E fui p´lo mar fora com a alma a sangrar
      Levando na idéia os lábios que invejo
      E aquela janela virada pró mar

      Marinheiro do Mar Alto
      Quando as vagas uma a uma
      Prepararem-te um assalto
      P´ra fazer teu barco em espuma

      Reparo na quilha bailando na crista
      Das vagas gigantes que o querem tragar
      Se não tens cautela não pões mais a vista
      Naquela janela virada pró mar

      Se mais ainda houvesse mais fortes correra
      Lembrando-me em noites de meio luar
      Dos olhos gaiatos que estavam à espera
      Naquela janela virada pró mar

      Mas quis o destino que o meu mastodonte
      Já velho e cansado viesse encalhar
      Na boca da barra e mesmo defronte
      Naquela janela virada pro mar

      Marinheiro do mar alto
      Olha as vagas uma a uma
      Preparando-te um assalto entre montes de alva espuma
      Por mais que elas bailem numa louca orgia
      Não trazem desejos de me torturar
      Como aquela doida que eu deixei um dia
      Naquela janela virada pró mar

      Escreve (muito) bem, tem um sentido de humor afiado, é genuína e frontal, fotografa e gosta de fotografia, conhece letras de fados. Tem algum defeito ( para alem do Sporting, claro…)?🙂

      • eu tenho um tique que é associar sempre uma canção a qualquer coisa que se diga. o que quer dizer que sei muitas músicas.😉
        mas neste caso, eu conheço o fado. de há muitos anos, que essa é uma das vantagens que a idade nos traz: conhecimento e, esperemos, sabedoria.
        tenho imensos. o do Sporting, provavelmente, será o menor.😉

      • Curiosamente, eu, que sou incapaz de me lembrar de uma data sequer, retenho letras inteiras ou fragmentos de letra de centenas de canções, algumas desde criança, e ao tempo que isoo já foi… (sei quem ele é, Madalena Iglesias, receba as flores que ele dou, Nelson Ned, os meus óculos de sol, Natercia Barreto, são alguns dos casos mais emberacosos).

        Mas fico mais tranquilo por saber que tem muitos defeitos, não há nada mais triste que a suposta perfeição pelos parametros da sociedade actual. (E o Sporting não conta como defeito, é apenas uma maldição, creio eu :-))

      • sei essas todas e mais algumas. é um festival.🙂
        ai o Nelson Ned. acho que Luanda parou quando ele lá foi!🙂
        “mas o que é que voce vai fazer domingo à tarde?” ahahaha.
        entretanto mandei-lhe um mail a propósito da maldição.😉

      • Acender uma vela na Muxima ?

  4. quero chegar de madrugada, para ver o sol raiar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s