Chuva de Prata

20130113_00011
Fotografia: João Martins Pereira

Há associações de ideias inesperadas e, por alguma razão, selectivas.

Uma destas tardes de sábados de frio lá fora, com a lareira a puxar à sonolência, a chuva a bater na janela chegou-me em forma de música. E podia ter-me feito lembrar originais e versões com chuva, em diversos ritmos, melodias, géneros, cores e quantidades –

  • Chuva – Rain (The Beatles)
  • Muita Chuva – Rain, Rain (Cher)
  • Chuva às Cores – Purple Rain (Prince), Red Rain (Peter Gabriel)
  • Chuva Musical – Singing in the Rain (Gene Kelly), The Rain Song (Led Zeppelin)
  • Chuva Torrencial – A Hard Rain’s A-Gonna Fall ou Buckets of Rain (Bob Dylan)
  • Chuva de Fogo – Fire and Rain (James Taylor)
  •  Chuva Interior – Raining in my Heart (Buddy Holly)
  • Chuva Rara – Have You Ever Seen Rain (Credence Clearwater Revival)
  • Chuva Fria – Cold Rain and Snow (Grateful Dead)
  • Chuva Em Espécie – It’s Raining Men(Gloria Gaynor)

Mas lembrei-me foi de uma chuva preciosa, em português trans-oceânico, em forma de Chuva de Prata, um original de Ed Wilson e Ronaldo Bastos.

Foi gravado por Gal Costa em 1984, no álbum “Profana”, já lá vão 30 anos …

Talvez as profecias de João Gilberto, Caetano Veloso ou Torquato Neto, entre outros, não se tenham cumprido integralmente, ou talvez não sejam facilmente aceites por todos.

João, logo no primeiro encontro, em Salvador, com uma, ainda então, Maria da Graça, sem carreira firmada na juventude dos seus 18 anos, não teve duvidas: “Gracinha, você é a maior cantora do Brasil”

Caetano, tambem nos idos de 60, tambem em Salvador e tambem ao primeiro encontro com Maria da Graça Penha e Costa, a Gracinha depois Gal, já havia sentenciado que “com essa voz, essa menina será a  melhor cantora do Brasil

Torquato Neto, nos anos 70, ajudou à festa de coroação de Gal ao ouvir o album Fa-Tal.

As escolhas de repertório de Gal talvez não tenham sido sempre as mais felizes ou as mais consistentes. Mas, para mim, e que me perdoe a memória de Elis, Gal é mesmo a maior cantora do Brasil.

2 responses to “Chuva de Prata

  1. Nada Mais!

  2. Há, de facto, associações de ideias inesperadas
    Chuva Wild West
    Raindrops keep falling on my head
    But that doesn’t mean my eyes will soon be turnin’ red
    Crying’s not for me
    Cause I’m never gonna stop the rain by complainin’
    Because I’m free
    Nothing’s worrying me.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s