Via Crucis

20130330-080412.jpg

Em tempo de Páscoa, aqui fica um trabalho do fotógrafo mexicano Hugo Borges sobre a representação da Via Sacra pelos habitantes de Acanceh, na península do Yucatan.

Uma mestiçagem, como o próprio fotografo a definiu, entre as raízes Maias da população e o Cristianismo trazido (imposto ?) pela colonização espanhola.

O registo a preto e branco, altamente contrastado, que Hugo Borges escolheu, aliado ao tema, dá às imagens um dramatismo especial.

20130330-075913.jpg

For 31 years takes place in the Mayan people of Acanceh the most important human ordeal of Yucatan.

Oppressive midday sun does not prevent the 150 actors make this representation of Catholic origin. Antonio Feliciano Ek who performs the role of Jesus Christ at the end of the route had to be helped because he was too dehydrated by almost 39 degrees reflected on the floor where he made ​​just before his fall and who bore the cross of about 150 kilos.

This representation mestizo (Maya-Spanish) symbolizes an important syncretic tradition during the Easter season in southern Mexico.

20130330-075933.jpg

20130330-075950.jpg

20130330-080025.jpg

20130330-080044.jpg

20130330-080108.jpg

20130330-080131.jpg

20130330-080154.jpg

20130330-080216.jpg

20130330-080233.jpg

20130330-080252.jpg

20130330-080312.jpg

20130330-080332.jpg

20130330-080351.jpg

3 responses to “Via Crucis

  1. Brilhante e belo.
    Obrigado pela partilha.

  2. Reblogged this on Sonhos desencontrados and commented:
    A beleza e a arte em momentos cheios de significado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s