Threshold of the New

2 responses to “Threshold of the New

  1. Agora não é sobre as suas fotografias, que tenho visitado sempre com gosto e admiração. É sobre o Steve McCurry e é justo agradecer-lhe ter-mo ensinado. Olhar para as fotografias dele é uma viagem, em cada uma, é como estar lá e ver o que interessa ver, entrar sem ser notado na privacidade de mundos que não se frequentam, numa perspectiva de quem não é de fora.

  2. Sentimo-nos olhados pelas imagens. De dentro para fora. Passamos a ser quem olha, nāo quem é olhado. Estranhos voyeurs de nós próprios. Os cheiros, os sons, as emoções, as sensações em cada imagem são fisicas, nāo apenas percebidas. Somos parte daquele mundo.
    Não sei como ele o faz (apesar de o ter acompanhado em viagem e de o ter visto em acção). Creio que será isto o talento. Pode-se trabalhar, melhorar, refinar, não creio que se possa aprender ou ensinar.
    Possivelmente já conhece, mas sugiro-lhe que veja o ultimo livro. Chama-se “Untold: Stories Behind Photographs” (http://www.phaidon.com/store/photography/steve-mccurry-untold-the-stories-behind-the-photographs-9780714864624/)
    É um livro de um fotografo, um livro sobre o Mundo e sobre nós, nāo só um livro de fotografia(s). Imperdivel.

    (Obrigado pelas suas palavras)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s