R.I.P.

image

Maya Plisetskayafigura maior do bailado classico no século XX, prima ballerina do Bolshoi, uma lenda da dança contemporanea, deixou o palco aos 89 anos.

Aqui, aos 61 anos (!!!) numa pungente recriação da “Morte do Cisne”, a peça (Le Cygne) de Camille Saint-Saens que Mikhail Fokine coreografou em solo para a grande Anna Pavlova, que, reza a lenda e a história, a dançou mais de 4.000 vezes.

Na fotografia acima, está grande parte da História do bailado contemporâneo: Mikhail Baryshnikov, Martha Graham, Rudolf Nureyev e Maya Plisetskaya.

O Céu terá mais leveza.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s